Sunday, August 10, 2008

1 Ano!

Faz tempo que não escrevo, e achei que este era um bom motivo para atualizar o blog.

Chegamos aqui há mais de um ano, e tudo passou muito rápido. Hoje minha esposa e filhas estão no Brasil, visitando a família. Eu vou em duas semanas, para acompanhar a cirurgia do meu pai. Nada sério, mas sempre é uma cirurgia.

A gente se acostumou com a realidade do Canadá bem rápido, e falando com minha esposa, dá pra perceber como nossa vida mudou. Vivemos infinitamente menos estressados, temos mais lazer. Trabalho relativamente menos tempo que no Brasil (mas também tenho que ser mais eficiente), e a sensação que temos é que não estamos sacrificando o presente em função de um futuro incerto. Sim, temos planos, e estamos trabalhando para que ele se torne realidade. Mas não deixamos de aproveitar o presente, a infância de nossas filhas, momentos que não voltam mais.

Minha esposa tem comentado como as coisas no Brasil estão caras, como o trânsito, as pessoas, a poluição e a violência afetam a forma como vivemos. Ela fica triste por não ter vontade de voltar mais ao Brasil, e pelo fato da família ainda sofrer com tudo isso. Claro que sentimos falta de muita coisa, dos amigos, da familiaridade que temos na cidade onde nascemos e crescemos. Mas principalmente depois das meninas, olhamos mais para o futuro do que para o passado.

O Canadá é perfeito? Claro que não. Tem crime, tem drogas, tem preconceito, tem intolerância. Como em qualquer lugar no mundo. Mas em um nível infinitamente menor, e a sociedade não vive em função destes problemas. A qualidade de vida ainda é algo real, que muita gente vive diariamente.

Já estamos adaptados? Eu acho que a gente mal começou. Um ano é muito pouco. Mas para quem imigra, é uma conquista. O primeiro ano é de adaptação, de descobertas, a gente aprende a viver e pensar diferente. Ainda me pego cruzando a ponte de downtown a caminho de casa, olhando para o mar e para as montanhas, e agradecendo a oportunidade de estar aqui.

Não podemos reclamar do "nosso" Canadá. Cada história de imigração é diferente, e cada pessoa responde de forma diferente à mudança. Ainda temos um longo caminho até nos sentirmos adaptados, com o círculo pessoal e profissional refeito, e à vontade com os costumes, com a língua.

Imigrar é competir com você mesmo, todos os dias. Conseguimos passar o primeiro obstáculo desta corrida que não tem final, e é recompensador. Que venha o próximo ano!

3 comments:

Sandro e Família said...

Peter

Parabéns pelo primeiro de muitos anos em terras canadenses.

Seus textos fazem falta e os comentários na comunidade canada immigration brasil são sempre muito sensatos e retratam bem a realidade da imigração para o Canadá.

Abração e sucesso na cirurgia do seu pai.

Pai dos trigemeos said...

Peter,
Parabens! E desejo muitas felicidades para os proximos anos!
Vamos nos encontrar por ai em breve.
Um forte abraco.

Camila Novais said...

Oi, Peter,

Parabéns pela conquista!!!!!

Espero poder comemorar um ano de Canadá (possivelmente em Montreal) em 2010 com tanta tranquilidade e saldo positivo quanto você e sua família.

Boa sorte sempre pra vocês quatro.